IGCP: cofres não engordavam tanto desde a troika

  • Cristina Oliveira da Silva
  • 4 Dezembro 2016

Almofada de liquidez aumenta 41% em 2016, a maior subida desde 2012.

O Governo prevê terminar o ano com 9,3 mil milhões de euros em depósitos e outros instrumentos de liquidez nas caixas centrais do Tesouro, o que significa um aumento de 41% face ao final de 2015. Esta é a maior subida desde 2012, quando Portugal ainda estava sob assistência financeira. Os dados são da Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) e foram compilados pelo Diário de Notícias.

O programa da troika exigia este tipo de margens para ajudar os bancos que precisassem e no primeiro ano da intervenção externa (2011), a almofada de liquidez mais do que duplicou. Em 2012, subiu 80% mas no ano seguinte estabilizou. E depois, até 2015, esteve sempre em queda. Até agora.

Uma parte dos 9,3 mil milhões de euros devia ter sido utilizada na recapitalização da Caixa Geral de Depósitos mas a operação ficou para 2017 e uma parte do valor que sobrou serviu para pagar mais cedo o empréstimo ao Fundo Monetário Internacional, continua a notícia faz manchete no DN. O Governo também conseguiu mais dinheiro em poupanças domésticas e bilhetes do Tesouro, que ajudaram a esse pagamento.

O ECO já noticiou que o Tesouro português quer entrar em 2017 com cerca de 40% das necessidades de financiamento do ano já conseguidas.

 

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

IGCP: cofres não engordavam tanto desde a troika

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião