Número de mortos no sismo na Indonésia sobe para 97

  • Lusa
  • 7 Dezembro 2016

O número de mortos no sismo na província indonésia de Aceh, no extremo norte de Samatra, subiu para 97. O balanço anterior dava conta de 54 vítimas mortais.

epa05663386 Indonesian rescuers use an excavator to serch for victims after an earthquake struck Pidie Jaya district, Aceh, Indonesia, 07 December 2016. According to media reports, at least 25 people were killed as a strong quake rocked Aceh in the early morning of 07 December. According to the United States Geological Survey (USGS), the shallow 6.5 magnitude earthquake struck Aceh province of Sumatra island. No tsunami alert was issued in the wake of the earthquake. EPA/HOTLI SIMANJUNTAK
EPA/HOTLI SIMANJUNTAK

O número de mortos no sismo na província indonésia de Aceh, no extremo norte de Samatra, subiu para 97, indicou hoje, num novo comunicado, um responsável do exército desta região do oeste do país.

“Morreram 97 pessoas, mas o número vai continuar a aumentar”, declarou Tantang Sulaiman.

Um anterior balanço dava conta de 54 mortos no sismo.

O terramoto ocorreu às 05:03 locais (22:03 de terça-feira em Lisboa), com epicentro a dez quilómetros a norte da localidade de Reuleuet, indicou o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, sigla em inglês).

Não foi emitido alerta de ‘tsunami’.

Notícia atualizada com o novo balanço

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Número de mortos no sismo na Indonésia sobe para 97

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião