Chegou o mercado online com 29 marcas portuguesas

  • Ana Luísa Alves
  • 20 Dezembro 2016

Dino Alves, Katty Xiomara, Lidija Kolovrat ou Carla Pontes são apenas alguns dos 31 designers presentes no novo mercado online de roupa e acessórios, a Tuedder, o novo marketplace de moda.

Se ainda lhe falta comprar prendas de Natal, não desespere. Aposte nas compras online, e, mais especificamente na Tudder, um mercado que junta fashion designers e criadores de renome portugueses.

Alguns dos designers presentes no markertplace são Dino Alves, Valentim Quaresma, Lidija Kolovrat e Carla Pontes, num novo estilo de loja digital. Foi criado para “ajudar no processo de internacionalização de designers de todo o mundo”, referiram os promotores em comunicado.

“Este marketplace de moda amplia simultaneamente a variedade da oferta de vestuário e acessórios originais junto a consumidores europeus e, futuramente, globais”, acrescentaram.

Os designers podem assim ter à venda as suas peças e criações numa plataforma digital, à semelhança do que já acontece com marcas como a Manjerica, a Bainha de Copas, ou a Avril8790, reunindo no mesmo lugar os criadores de moda independentes.

Das 31 marcas que constam no site, existem 29 portuguesas. As outras duas são italiana e inglesa. A médio prazo, o marketplace da moda pretende ainda investir na América do Norte, na América Latina e no Extremo Oriente, em comunicado.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Chegou o mercado online com 29 marcas portuguesas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião