BCE comprou menos dívida portuguesa em dezembro

Autoridade monetária baixou ritmo de compras de dívida pública na Zona Euro e Portugal não foi exceção, num mês em que esteve menos tempo ativo no mercado devido à quadra de Natal e Ano Novo.

O Banco Central Europeu (BCE) comprou menos dívida dos governos da Zona Euro em dezembro e Portugal não escapou ao menor apetite comprador por parte da autoridade monetária. A explicar o abrandamento do ritmo de aquisição de dívida pública pode estar o período de férias de Natal, que obrigou o banco central a ausentar-se dos mercados nos últimos dias do ano.

O BCE adquiriu 725 milhões de euros em obrigações portuguesas no último mês do ano, passando a deter 24,61 mil milhões em títulos portugueses, no âmbito do programa de compra de dívida do setor público (PSPP). Isto representa uma queda de 30% face ao montante adquirido em média nos meses anteriores.

No global, a instituição liderada por Mario Draghi comprou 55 mil milhões de euros em obrigações do euro, mas 21% face ao montante adquirido no mês anterior, engordando o seu balanço com 1.271,8 mil milhões de euros com títulos de dívida pública da região. E isto num mês em que o BCE esteve menos tempo no mercado, tendo realizado uma pausa do seu programa entre o dia 21 e 31 de dezembro.

Na última reunião do Conselho de Governadores, o BCE prolongou o PSPP até final do ano, tendo decidido baixar o ritmo de compra de ativos públicos dos 80 mil milhões de euros mensais para os 60 mil milhões de euros mensais a partir de abril.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BCE comprou menos dívida portuguesa em dezembro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião