Multas renderam mais de 200 mil euros por dia

  • Ana Luísa Alves
  • 30 Janeiro 2017

As infracções de trânsito cometidas pelos condutores geraram coimas num valor total de 78 milhões de euros no último ano.

As infrações na estrada renderam mais de 200 mil euros por dia, no ano passado. Foram arrecadados mais de 78 milhões de euros pela PSP e GNR só em multas de trânsito.

Com os valores registados em 2016, segundo os dados da execução orçamental, as infrações ao Código da Estrada renderam menos 11,6 milhões de euros do que os 89,90 milhões de euros registados em 2015, evidenciando uma quebra de 13%.

Os dados do ano passado tornaram-se públicos esta segunda-feira pela Direção-Geral do Orçamento, noticiados pelo Correio da Manhã (acesso pago), e revelam que a Administração Central cobrou menos dinheiro no conjunto do item ‘Taxas, Multas e Outras Penalidades’. Entre 2015 e 2016 notou-se uma redução de aproximadamente 34 milhões de euros, entre os 2.838 milhões de euros registados no ano passado e os 2.873 milhões de euros registados em 2015.

No caso da Administração local, este mesmo item rendeu 212,3 milhões de euros no ano passado, mais 23,6 milhões de euros que em 2015. Em Lisboa, as multas passadas pela EMEL têm crescido ao ponto de a Câmara contar, para este ano, com uma verba de 15 milhões de euros, a aplicar na Carris.

Os dados sobre as contraordenações tributárias e as taxas moderadores de saúde também foram apresentados pela execução orçamental. As primeiras desceram 25,7%, e as segundas caíram também 13,8%. Segundo a mesma fonte, em 2015 os estabelecimentos de Saúde cobraram 189,5 milhões de euros em taxas moderadoras, mas no ano passado este valor foi de 168,7 milhões de euros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Multas renderam mais de 200 mil euros por dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião