Impact Hub. Incubadora internacional chega a Lisboa em março

Incubadora e aceleradora de impacto vai ocupar espaço de 500 metros quadrados no Museu da Carris, em Alcântara. Deverá ser inaugurado em março.

team_impact-hub

A incubadora e aceleradora internacional de projetos de impacto e sustentabilidade Impact Hub já tem data de inauguração em Portugal: março de 2017. O projeto conta com o apoio do Montepio e vai ocupar um espaço de cerca de 500 metros quadrados na infraestrutura do Museu da Carris, em Alcântara, Lisboa.

“Portugal está muito bem posicionado em termos de recursos para que possamos ser esta referência a nível nacional e, principalmente, internacional”, explica Filipe Portela, um dos dinamizadores do projeto, na apresentação do Impact Hub Lisbon, esta tarde. O negócio do Impact Hub vai muito além da “venda do metro quadrado”: a ideia é que as dinâmicas dentro do espaço e, da rede em si, possa ser um dos maiores contributos do projeto para a comunidade. “A ideia é que o espaço se pague a si próprio e apenas uma ferramenta e um ponto de encontro entre pessoas”, acrescentou Filipe Portela.

Este espaço pretende ser a âncora da economia de impacto em Lisboa.

Gonçalo Teixeira

Diretor geral Impact Hub Lisbon

A rede internacional de espaços de incubação e aceleração de projetos de impacto criou, em 12 anos, mais de 4600 postos de trabalho em full time, mais de 1250 startups e envolveu, em programas, formações e palestras, cerca de 54 milhões de pessoas em todo o mundo. O projeto internacional nasceu há 12 anos, em Londres, e conta com 81 espaços e uma comunidade de cerca de 15.000 pessoas no mundo inteiro.

Nos planos da equipa de promoção do projeto está a abertura de um segundo espaço, no Porto, em 2018, anunciou Filipe Portela. A ideia é que, no arranque do espaço de Lisboa, o Impact Hub conte com cerca de 60 projetos incubados.

Custou mas foi

Depois de Viena, Estocolmo, Londres, Seattle, Tóquio, S. Paulo, Bucareste, Milão, Madrid, Joanesburgo, Belgrado, Telavive, Bogotá, Oakland e Singapura, Lisboa recebeu pela primeira vez a notícia de que o Impact Hub estaria a chegar em fevereiro de 2016. O projeto, cujo espaço estava previsto para a zona de Marvila, sofreu entretanto alterações, tanto ao nível dos parceiros como do local de instalação.

Depois de repensado e reestruturado o projeto, o Impact Hub instala-se agora em Alcântara, junto ao Museu da Carris.

O jornalismo continua por aqui. Contribua

Sem informação não há economia. É o acesso às notícias que permite a decisão informada dos agentes económicos, das empresas, das famílias, dos particulares. E isso só pode ser garantido com uma comunicação social independente e que escrutina as decisões dos poderes. De todos os poderes, o político, o económico, o social, o Governo, a administração pública, os reguladores, as empresas, e os poderes que se escondem e têm também muita influência no que se decide.

O país vai entrar outra vez num confinamento geral que pode significar menos informação, mais opacidade, menos transparência, tudo debaixo do argumento do estado de emergência e da pandemia. Mas ao mesmo tempo é o momento em que os decisores precisam de fazer escolhas num quadro de incerteza.

Aqui, no ECO, vamos continuar 'desconfinados'. Com todos os cuidados, claro, mas a cumprir a nossa função, e missão. A informar os empresários e gestores, os micro-empresários, os gerentes e trabalhadores independentes, os trabalhadores do setor privado e os funcionários públicos, os estudantes e empreendedores. A informar todos os que são nossos leitores e os que ainda não são. Mas vão ser.

Em breve, o ECO vai avançar com uma campanha de subscrições Premium, para aceder a todas as notícias, opinião, entrevistas, reportagens, especiais e as newsletters disponíveis apenas para assinantes. Queremos contar consigo como assinante, é também um apoio ao jornalismo económico independente.

Queremos viver do investimento dos nossos leitores, não de subsídios do Estado. Enquanto não tem a possibilidade de assinar o ECO, faça a sua contribuição.

De que forma pode contribuir? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

Obrigado,

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Impact Hub. Incubadora internacional chega a Lisboa em março

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião