Fed deixa Wall Street com pouco apetite

Minutas do banco central americano são reveladas esta quarta-feira e deverão trazer novidades sobre a próxima subida dos juros. Investidores aguardam antes de voltarem a assumir risco.

Com as minutas da Reserva Federal norte-americana em mente, os investidores assumiam pouco apetite pelo risco no arranque da sessão norte-americana. As minutas da Fed serão publicadas ao final da tarde (hora de Lisboa) e deverão dar novas pistas sobre o timing de novas subidas das taxas de juro diretoras. Os analistas esperam que isso só volte a acontecer em junho, mesmo que os dados económicos sejam positivos.

Neste ambiente de expectativa, o S&P 500 cede 0,2%, com o índice de referência mundial a ser acompanhado pelo tecnológico Nasdaq e pelo industrial Dow Jones, que descem ambos em torno de 0,15%. No caso do Dow Jones, um mês depois de ter superado a barreira dos 20.000 pontos, o índice encontra-se agora a 300 pontos de bater os 21.000 pontos, um indicador que permite perceber o rally que as bolsas norte-americanas têm observado nas últimas semanas.

A probabilidade de a Fed subir os juros já em março está nos 22%, contra probabilidades de 47% em maio e 69% em junho, segundo os dados da Reuters. As atas da reunião de 31 de janeiro e 1 de fevereiro que o banco central norte-americano vai revelar esta quarta-feira vai ajudar a esclarecer algumas dúvidas dos investidores.

“O mercado já incorporou as subidas dos juros”, referiu Andre Bakhos, da Janlyn Capital, à Reuters. “Mas uma coisa que pode fazer descarrilar as coisas acontecerá se as subidas vierem todas de uma assentada”, acrescentou.

Além da Fed, o fator Trump continua a marcar o ritmo de negociação do outro lado do Atlântico, nomeadamente o plano fiscal que deverá reduzir os impostos às empresas. Um plano que o próprio Trump apelidou de “fenomenal” e que tem dado confiança aos investidores.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fed deixa Wall Street com pouco apetite

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião