Há mais um Dacia Stepway. É o Logan

Já havia o Sandero, o Lodgy e o Dokker. Faltava o Logan para que a família Stepway, da Dacia, ficasse completa. Já está.

Depois dos Sandero, Lodgy e Dokker, a família Stepway acolhe um quarto membro. A Dacia prepara-se para lançar o Logan MCV Stepway, modelo que ganha assim um look mais aventureiro. E associado ao estilo crossover vem também equipamento reforçado numa marca que prima pelos preços competitivos.

Seguindo a lógica dos restantes modelos, o Logan MCV Stepway exprime-se através da altura ao solo que foi aumentada em cinco centímetros, mas também nas proteções na frente e na traseira, na grelha dianteira inspirada na do Duster, bem como nas proteções laterais da carroçaria.

Dispõe, igualmente, da nova assinatura luminosa, cujos blocos óticos integram os faróis diurnos de LED com a forma de quatro retângulos. “Tal como na restante família Stepway, a grelha dianteira integra os tons negros e o para-choques bi-tom com os retângulos cromados inspirados nos do Dacia Duster”, diz a marca do grupo Renault.

O novo Logan MCV Stepway, que será lançado na emblemática cor azul azurite, também ganha novas características no interior. “As pegas de abertura das portas são na cor cromada, bem como o friso que circunda a consola central e os arejadores”, diz a marca, salientando também o facto de esta nova versão contar com sistemas de ajuda ao estacionamento traseiro e a ajuda ao arranque em declive. “A câmara de marcha atrás estará também disponível”, nota.

Gasolina, gasóleo e GPL

O mais recente membro da família Stepway deverá chegar ao mercado nacional em junho, de acordo com a informação avançada pela marca, mas ainda não há indicação quanto aos preços que serão praticados. Já se sabe, contudo, quais as motorizações que estarão disponíveis neste modelo com um look mais aventureiro.

A oferta a gasóleo vai contar com o dCi de 90 cv com caixa de velocidades manual de cinco relações, que promete consumos combinados de 3,9 litros aos cem quilómetros. O motor a gasolina, o TCe, terá a mesma potência, mas também a mesma caixa de cinco velocidades, apontando para consumos de 5,1 litros. Mais tarde, a marca promete que haverá uma versão a GPL.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Há mais um Dacia Stepway. É o Logan

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião