Wall Street põe a marcha atrás no dia de estreia da Snap

  • ECO
  • 2 Março 2017

O dia não começou bem para as bolsas norte-americanas, mas pode vir a terminar melhor, dependendo do desempenho da Snap.

Nova Iorque arrancou esta quinta-feira a descer. Os três principais índices abriram as sessões a perder pontos, aliviando das fortes subidas na última sessão patrocinadas pelo otimismo em torno de uma subida dos juros por parte da Fed. Estão em queda no dia de estreia da Fed.

O mercado dos Estados Unidos está confiante de que a Fed suba os juros já este mês — mais precisamente, de acordo com o Financial Times, há uma probabilidade de 80% de subida dos juros — e isso impulsionou o dólar, que ontem estava a ganhar 0,4% em relação ao euro. No entanto, hoje o entusiasmo dos investidores pareceu arrefecer, porque os índices abriram todos em queda.

O Dow Jones, que ontem tinha chegado acima dos 21 mil pontos, desce hoje 0,05% para os 21105,80 pontos. Já o índice geral S&P 500 abriu com uma descida de 0,13% para os 2392,79 pontos. O tecnológico Nasdaq seguia a descer 0,15% para os 5.895,31 pontos, no dia em que a Snap, empresa que detém o Snapchat, entra oficialmente na bolsa, avaliada em 20 milhões de dólares.

A Snap estabeleceu o preço da sua oferta pública inicial acima do intervalo inicial. Entram hoje na bolsa 200 milhões de ações da rede social, cada uma a valer 17 dólares.

Comentários ({{ total }})

Wall Street põe a marcha atrás no dia de estreia da Snap

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião