Ring! Snapchat vai valer mais de 20 mil milhões

Esta quinta-feira, a Snap Inc. toca o sino e entra no Nasdaq. A empresa de Evan Spiegel definiu um preço de 17 dólares por ação para aquela que será a maior IPO dos últimos três anos.

O Snapchat vai entrar esta quinta-feira em bolsa, com as ações a valerem 17 dólares cada.Patrick T. Fallon/Bloomberg

A Snap Inc., empresa dona da rede social Snapchat, estabeleceu o valor da oferta pública inicial (IPO) desta quinta-feira em 17 dólares por ação, de acordo com informações avançadas pelo The Wall Street Journal e pela agência Bloomberg, confirmadas oficialmente após o fecho da sessão desta quarta-feira. O valor está acima dos 14-16 dólares por ação previamente estabelecidos. Com base nos 1,16 mil milhões de ações atualmente existentes, a empresa está avaliada em 20 mil milhões de dólares, ou quase 19 mil milhões de euros. O valor deverá chegar aos 23,6 mil milhões após a entrada em bolsa.

A holding da rede social das imagens e vídeos que desaparecem vai, assim, protagonizar a maior entrada em bolsa dos últimos três anos e uma das maiores da última década. É ainda a primeira IPO tecnológica do ano, com a companhia liderada pelo jovem Evan Spiegel a integrar o Nasdaq com o ticker “SNAP”. Cerca de 145 milhões de ações serão oferecidas pela empresa e outros 55 milhões serão vendidos por atuais shareholders, por um preço que deverá situar-se entre os 17 e os 18 dólares por ação.

Esta IPO encontra-se pintada por uma série de pormenores, como o facto de as ações não concederem direitos de voto aos investidores. Por outras palavras, os acionistas do Snapchat não vão poder participar de forma ativa nos destinos da empresa. Investir será, portanto, um tiro no escuro e, sobretudo, um voto cego de confiança em quem realmente manda: os fundadores Bobby Murphy e Evan Spiegel.

Spiegel criou o Snapchat em 2011, vendo uma oportunidade de negócio onde mais ninguém viu: criar uma aplicação para possibilitar o envio de mensagens que desaparecem ao fim de algum tempo — seja um dia como um segundo. A empresa-mãe que agora entra em bolsa gera receitas da publicidade apresentada entre essas mensagens e, mais recentemente, da venda dos Spectacles, uns óculos de sol com uma câmara.

Tudo junto, a Snap Inc. gerou 404,5 milhões de dólares no ano passado e outros 58,66 milhões em 2015, ainda sem os óculos à venda. Isto por um lado. Porque, por outro, a curta história de vida do Snapchat, juntando aos 514,64 milhões de dólares de prejuízo que registou em 2016, são indicadores de risco para vários analistas, que alertam para os perigos de se apostar nesta IPO. Trocando por miúdos, estamos a falar de um negócio que, em 2016, perdeu 1,27 dólares por cada dólar que faturou.

O Snapchat é usado diariamente por 150 milhões de pessoas em todo o mundo. Cerca de 85% dos utilizadores têm menos de 35 anos. São criados 2,5 mil milhões de snaps todos os dias, as típicas mensagens que podem incluir uma imagem, um vídeo, grafismos variados ou desenhos. Para esta IPO estão escalados os bancos Morgan Stanley e Goldman Sachs. Este último, refere a Bloomberg, será o agente estabilizador com o objetivo de garantir que o primeiro dia de negociações decorre sem qualquer problema.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ring! Snapchat vai valer mais de 20 mil milhões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião