Spotify chega aos 50 milhões de subscritores pagos. E o lucro?

  • Juliana Nogueira Santos
  • 4 Março 2017

A plataforma de streaming de música Spotify voltou a afirmar a liderança de mercado, tendo atingido a fasquia dos 50 milhões de utilizadores pagos. Mas ainda não é lucrativa.

A Spotify tem conseguido expandir a sua presença no mercado do streaming de música e atingiu neste mês de março o patamar dos 50 milhões de subscritores pagos, deixando bem para trás os seus concorrentes SoundCloud, Google Play Music e Apple Music.

A empresa, indicada como uma das próximas tecnológicas a entrar no mercado de valores, tem assistido a um crescimento forte deste tipo de utilizadores, tendo chegado aos 30 milhões há pouco menos de um ano e, aos 40 milhões, em setembro do ano passado. O Apple Music contava com 20 milhões de subscritores em dezembro do mesmo ano.

A Spotify possibilita a subscrição dos seus serviços de forma gratuita, que não permite reprodução offline e o utilizador é obrigado a ouvir os spots publicitários e, de forma paga, onde o utilizador paga 6,99 euros por mês. Não há contabilização dos utilizadores do primeiro tipo, mas podemos concluir que devem ser bastante mais do que os pagos.

Ainda assim, e tendo registado um aumento de 80% nas receitas nos últimos resultados apresentados (relativos a 2015), a empresa ainda não conseguiu ser lucrativa, tendo perdido 173 milhões de euros. No topo dos motivos para justificar este valor estará a dificuldade que o serviço tem estado a ter na assinatura de novos contratos com editoras discográficas.

O modelo de negócio da empresa baseia-se na publicidade mostrada aos utilizadores gratuitos e nas subscrições mensais.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Spotify chega aos 50 milhões de subscritores pagos. E o lucro?

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião