Banco de Portugal chama banqueiros para discutir Novo Banco

  • ECO
  • 30 Março 2017

A reunião acontece nas vésperas de se fechar a venda do banco. Na sexta-feira, Mário Centeno vai anunciar publicamente os detalhes do negócio. No sábado, a venda deverá ficar oficialmente concluída.

O Banco de Portugal chamou, esta quinta-feira, os presidentes dos bancos nacionais para discutir a intervenção do Fundo de Resolução na venda do Novo Banco ao Lone Star. A notícia é avançada pelo Público, que cita fonte do supervisor.

Segundo o mesmo jornal, a reunião, que começou às 16h00, foi convocada pelo administrador Luís Máximo dos Santos, que assume no Banco de Portugal o pelouro do Fundo de Resolução. Para além de Máximos dos Santos, estará presente na reunião uma comitiva de banqueiros liderada por Faria de Oliveira, presidente da Associação Portuguesa de Bancos (APB).

A reunião acontece nas vésperas de ficar fechada a venda do Novo Banco. Na sexta-feira, Mário Centeno vai anunciar publicamente os detalhes do negócio e, no sábado, a venda deverá ficar oficialmente concluída.

O banco que resultou da resolução do antigo Banco Espírito Santo (BES) vai ser vendido ao fundo norte-americano Lone Star, que ficará com 75% do capital do banco. Os restantes 25% ficarão nas mãos do Estado, que fica, contudo, sem poder de voto ou de intervenção na gestão do banco.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Banco de Portugal chama banqueiros para discutir Novo Banco

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião