EDP começa a pagar dividendos a 17 de maio

A empresa liderada por António Mexia vai pagar um dividendo de 19 cêntimos por ação. Vai distribuir 700 milhões pelos acionistas.

A EDP vai começar a pagar dividendos a partir de 17 de maio, anunciou a elétrica esta segunda-feira, em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

A empresa liderada por António Mexia decidiu pagar um dividendo de 19 cêntimos por ação relativamente ao exercício de 2016, uma subida de 3% face ao valor distribuído em 2015 e que representa um payout de 72%, ou seja, cerca de 700 milhões de euros serão distribuídos pelos acionistas.

O dividendo líquido por ação será de 13,7 cêntimos, no caso de particulares, sujeitos à taxa de IRS. Já no caso das empresas, sujeitas a IRC, o dividendo líquido será de 14,3 cêntimos por ação.

Até 12 de maio, as ações da EDP conferem direito ao dividendo. A partir de 15 de maio, as ações da empresa serão transacionadas sem direito a dividendos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EDP começa a pagar dividendos a 17 de maio

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião