SNS vai compensar médicos que trabalhem fora do horário normal

  • ECO
  • 26 Abril 2017

Os profissionais do Sistema Nacional de Saúde vão poder receber entre 12 e 19 euros mais por consultas e exames fora do horário normal de trabalho. Governo vai instaurar prazos máximos de espera.

Até ao final deste ano, o Ministério da Saúde quer instaurar — e reduzir — prazos máximos de resposta até aos quais os doentes podem esperar por vários tipos de exames no Sistema Nacional de Saúde. Para tal, vai pagar mais aos médicos que aceitem trabalhar fora do horário normal de trabalho. À semelhança do que acontece com as cirurgias, o Ministério da Saúde pondera pagar entre 12 e 19 euros mais por consulta.

A informação foi avançada ao jornal Público [acesso condicionado] pelo secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo. Face ao aumento da despesa, o Ministério da Saúde espera equilibrar as contas recorrendo menos vezes a unidades privadas e do setor social. São parcerias entre público e privado que, segundo o jornal, custaram no ano passado mais de 440 milhões de euros, uma despesa “muito elevada”, considera Fernando Araújo.

Os prazos que deverão ser estipulados até ao final de 2017 preveem uma espera máxima de 15 dias para radioterapia, 30 dias para medicina nuclear e angiografias e 90 dias para endoscopias, tomografias axiais computorizadas (TAC) e ressonâncias magnéticas. Por fim, entre as novidades está ainda a intenção de dar atendimento prioritário aos doentes cardíacos (já acontece com os doentes oncológicos). De acordo com o jornal, em caso de insuficiência cardíaca grave, o prazo máximo de espera pelas consultas é de 15 dias.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

SNS vai compensar médicos que trabalhem fora do horário normal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião