Direto Forero: “Não contemplamos uma saída total” de Angola

  • Rita Atalaia
  • 27 Abril 2017

O BPI apresentou prejuízos de 122 milhões de euros nos três primeiros meses do ano, mas os responsáveis do banco falam num trimestre que "correu muito bem", com melhorias nos depósitos e no crédito.

O BPI explicou, esta quinta-feira, os resultados referentes ao primeiro trimestre. Um relatório que revelou um prejuízo de 122 milhões, pressionado pela venda de 2% do Banco de Fomento Angola. As contas foram analisadas na primeira conferência de imprensa com Pablo Forero na liderança do banco.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Forero: “Não contemplamos uma saída total” de Angola

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião