Trump não descarta encontro com líder da Coreia da Norte nas “circunstâncias certas”

  • ECO
  • 1 Maio 2017

Têm de estar reunidas as "circunstâncias certas", mas o presidente dos EUA não rejeita um encontro com Kim Jong Un.

Nas circunstâncias certas, Donald Trump poderia encontrar-se com o líder da Coreia da Norte, apesar da tensão crescente em torno dos testes de armas nucleares.

“Se fosse apropriado encontrar-me com ele, fá-lo-ia certamente, teria muita honra”, afirmou o presidente dos Estados Unidos em entrevista à Bloomberg. Isto se estivessem reunidas as “condições certas”, reforçou Donald Trump.

Ainda na semana passada, o presidente dos EUA afirmou que “adorava” resolver a questão dos testes de armas nucleares na Coreia do Norte “diplomaticamente”, mas frisou depois que isso “é difícil”. E por isso levantou a hipótese de haver “um grande, grande conflito com a Coreia do Norte”.

Ainda assim, John McCain, ex-candidato presidencial que tem vindo a criticar o presidente, assegurou que a administração Trump está “a explorar todas as opções e a última opção — e a menos desejável — é o conflito armado”.

A Coreia do Norte tornou-se o mais urgente em termos de ameaça à segurança nacional nos primeiros 100 dias de presidência Trump, nota a Bloomberg.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Trump não descarta encontro com líder da Coreia da Norte nas “circunstâncias certas”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião