ANA propõe voos noturnos para Lisboa

  • ECO
  • 2 Maio 2017

O aumento do número de voos nocturnos é a solução proposta pela ANA para fazer face aos constrangimentos do aeroporto Humberto Delgado. Governo rejeita para já a solução.

A ANA-Aeroportos de Portgual colocou em cima da mesa a possibilidade de realizar voos noturnos em Lisboa para fazer face aos constrangimentos da Portela tendo em conta que o aeroporto do Montijo só entrará em funcionamento em 2021. O Negócios avança na edição desta terça-feira que este cenário é para já rejeitado pelo Governo.

As regras do ruído limitam o tráfego no aeroporto de Lisboa entre a meia -noite e as seis da manhã pelo que a proposta da ANA necessitava de uma alteração à portaria do ruído de modo a permitir aumentar o número de movimentos aéreos na primeira e na última hora do período que está coberto pelas restrições. Segundo a atual portaria o número de movimentos permitidos neste período não pode exceder os 91 por semana.

O Negócios que cita fontes da ANA, refere que não existem, atualmente, slots noturnos disponíveis. Para a concessionária um reforço do número de movimentos aéreos entre a meia-noite e a uma da manhã e entre as cinco da manhã e as seis da manhã facilitaria um maior número de ligações intercontinentais com a capital.

Ainda segundo a ANA no aeroporto de Lisboa estão atribuídas 86,2% dos 151.466 slots possíveis e há neste momento uma lista de espera com 9.281 pedidos de companhias aéreas.

A sugestão da ANA para alterar a legislação obrigaria a contactos com Bruxelas, tendo ainda que ser ouvidas as autarquias de Lisboa e Loures.

Comentários ({{ total }})

ANA propõe voos noturnos para Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião