British Airways deve retomar voos a partir de Londres

  • Rita Atalaia
  • 27 Maio 2017

A companhia aérea britânica cancelou os voos a partir de Gatwick e Heathrow. Mas devem ser retomados este domingo, depois de se ter verificado uma falha no sistema informático da empresa.

A British Airways deve retomar este domingo os voos a partir de Londres. A companhia aérea foi obrigada a cancelar todas as reservas dos passageiros que partiam dos aeroportos de Gatwick e Heathrow devido a uma falha informática que impedia a realização do check in. Isto num fim de semana mais longo para os britânicos, já que segunda-feira é feriado.

A agência Lusa avança que um responsável da empresa britânica de aviação comercial disse no sábado que a British Airways conta retomar voos a partir de Londres e que a falha informática global se deveu a um “problema com o fornecimento elétrico”.

A British Airways decidiu cancelar os voos para evitar o congestionamento e as longas filas, num dia em que os aeroportos estiveram mais cheios do que o habitual. Na segunda-feira, é feriado de Spring Bank. A empresa pediu mesmo que os passageiros não se deslocassem para os aeroportos de Gatwick e Heathrow.

 

Entretanto, ficou também confirmado não se tratar de um ataque informático. De acordo com a Lusa, o conselheiro delegado da transportadora, o espanhol Alex Cruz, negou que o erro tenha sido motivado por um ciberataque, pediu desculpa aos clientes e prometeu “apressar os reembolsos”.

Insatisfeitos com a situação, os passageiros usaram o Twitter para se queixar dos atrasos dos voos, das longas filas de check in e da demora nos embarques. Em setembro do ano passado, a British Airways sofreu uma falha semelhante, que causou problemas a nível mundial.

(Notícia atualizada pela última vez às 10h15)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

British Airways deve retomar voos a partir de Londres

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião