Taxa de desemprego nos EUA atinge mínimo de 16 anos

  • Lusa e ECO
  • 2 Junho 2017

As expectativas eram altas: a taxa de desemprego não baixou tanto quanto se esperava. Ainda assim, a taxa de desemprego atingiu os 4,3%, o valor mais baixo desde 2001.

A taxa de desemprego baixou nos Estados Unidos em maio para 4,3%, mas foram criados apenas 138 mil postos de trabalho, um número considerado dececionante, indicou esta sexta-feira o Departamento do Trabalho.

Os 138 mil empregos criados no mês passado ficaram abaixo das previsões dos analistas, que apontavam para 185 mil.

A taxa de desemprego, que em abril tinha ficado em 4,4%, recuou para 4,3%, o nível mais baixo desde maio de 2001.

Na análise do economista-chefe IHS Markit os dados foram “desapontantes”, mas não são um sinal de fraqueza. Em nota enviada às redações, Nariman Behravesh explicou que a economia alcançou o limiar do pleno emprego.

Na opinião da consultora IHS Markit estes dados não vão impedir a Fed de aumentar a taxa de juro este mês na próxima reunião.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Taxa de desemprego nos EUA atinge mínimo de 16 anos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião