Musk ameaça abandonar Conselho de Trump se EUA sair do Acordo de Paris

CEO da Tesla promete reagir se as notícias que dão conta da vontade de Donald Trump se confirmarem.

O CEO da Tesla, Elon Musk, ameaça abandonar o Conselho de empresários da Administração Trump se se confirmar a saída dos Estados Unidos do Tratado de Paris. O anúncio foi feito à Bloomberg, na sequência da publicação de Musk no Twitter, que dava conta de uma sensação de impotência manifestada pelo empresário face às notícias avançadas esta tarde.

Esta quarta-feira, o jornal Axios avançou que os Estados Unidos poderiam vir a desvincular-se do Acordo de Paris alcançado no ano passado e cujo objetivo era reduzir as emissões de dióxido de carbono para a atmosfera. A publicação, que foi citada por meios de comunicação por todo o mundo, avançava a informação recolhida junto de duas fontes próximas da decisão não identificadas.

O correspondente da CBS News na Casa Branca confirmou entretanto a informação, via Twitter.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Musk ameaça abandonar Conselho de Trump se EUA sair do Acordo de Paris

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião