Clima: EUA querem abandonar Acordo de Paris

O Presidente Donald Trump terá decidido abandonar o Acordo de Paris, que limita as emissões de gases com efeito de estufa para a atmosfera. Saída dos EUA ameaça eficácia do acordo, avança a Fox.

Os Estados Unidos poderão vir a desvincular-se do Acordo de Paris alcançado no ano passado, cujo objetivo é reduzir as emissões de dióxido de carbono para a atmosfera. A decisão já terá sido tomada pelo Presidente Donald Trump, segundo informações avançadas pelo jornal Axios e citadas pela Fox News, citando duas fontes com conhecimento direto da decisão não identificadas.

O correspondente da CBS News na Casa Branca terá entretanto confirmado a informação, segundo avança este meio.

Segundo o Axios ainda há detalhes a serem fechados. Nomeadamente iniciar ou não uma saída total, que poderia demorar até três anos, ou sair totalmente do tratado das alterações climáticas da ONU, tornando a decisão mais rapidamente efetiva mas simultaneamente mais radical.

De qualquer forma, a confirmar-se, será uma decisão com bastante peso. Os Estados Unidos são dos países com mais emissões de gases com efeito de estufa, podendo ameaçar a eficácia dos objetivo atingido pela esmagadora maioria dos países do mundo na cimeira francesa e histórica do ano passado. Só Nicarágua e Síria ficaram de fora deste tratado.

A decisão final deverá ser conhecida nos próximos dias, disse entretanto o Presidente, numa publicação no Twitter:

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Clima: EUA querem abandonar Acordo de Paris

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião