Parparticipadas conclui venda da participação no BPN Brasil

  • ECO
  • 14 Junho 2017

Comunicado ao mercado indica que a transação dá "continuidade ao processo de venda das participações sociais" transferidas do BPN para o para o Estado em fevereiro de 2012

A Parparticipadas — uma das que ficou com ativos do antigo BPN — concluiu a venda da totalidade da sua participação de 94,09% na Sociedade BPN Participações Brasil.

A informação publicada esta quarta-feira no site da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) dá conta de que “foi hoje concretizada a venda da totalidade” da participação de 94,09% da Parparticipadas “no capital social da Sociedade BPN Participações Brasil Ltda. (sociedade holding que detém uma participação de 99,99% no Banco BPN Brasil S.A., sociedade de direito brasileiro, sediada em São Paulo, Brasil, que se dedica à atividade bancária e demais atividades abrangidas pelo seu objeto social) à Crefipar Participações e Empreendimentos S.A., Sociedade de Direito Brasileiro”.

O comunicado acrescenta ainda que, com esta transação, “dá-se continuidade ao processo de venda das participações sociais que foram transferidas do Banco Português de Negócios, S.A. para o Estado em fevereiro de 2012”.

Um relatório do Tribunal de Contas divulgado esta semana indica que o custo acumulado da nacionalização do BPN para o Estado já ultrapassava os 3,66 mil milhões de euros no final de 2016.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Parparticipadas conclui venda da participação no BPN Brasil

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião