Preço do gás baixa 1,1% em julho

As famílias portuguesas vão pagar menos pelo gás a partir do próximo mês. A ERSE revelou que o valor das tarifas vai baixar em 1,1%.

A fatura do gás vai baixar. De acordo com a ERSE, o regulador do setor, as famílias portuguesas vão beneficiar de preços 1,1% mais baixos a partir de 1 de julho. É a terceira descida consecutiva de preços para os clientes que continuam no mercado regulado.

“O universo dos consumidores com consumo anual de gás natural inferior ou igual a 10.000 m3 abrange os consumidores domésticos e serviços, e observará, a partir de julho, face ao ano anterior, uma variação tarifária de -1,1%“, refere o comunicado da ERSE.

Os consumidores sujeitos a estas variações tarifárias são, apenas, os que permanecem no comercializador de último recurso. Estes consumidores devem procurar potenciais poupanças na fatura de gás natural junto dos comercializadores em mercado. Para os consumidores em mercado, as tarifas de gás natural aplicáveis serão as definidas no respetivo contrato”, refere.

A ERSE estima que estes consumidores que continuam no mercado regulado conseguirão obter poupanças entre 15 e 28 cêntimos, assumindo consumos típico para famílias sem e com filhos.

Esta redução, válida para o período entre 1 de julho a 30 de junho de 2018, é a terceira consecutiva. Os preços para as cercas de 300 mil famílias que continuam no mercado regulado já tinham descido em 18,6% no último ano e 7,3% no anterior.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Preço do gás baixa 1,1% em julho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião