Revista de imprensa internacional

Volta ao mundo começa em Bruxelas, onde a autoridade da concorrência procura reforçar poderes e passa pela Casa Branca onde Trump telefonou aos líderes da China e Japão.

A autoridade da concorrência da União Europeia quer mais poderes para evitar casos como o da Google. Nos EUA, Trump telefonou aos líderes da China e do Japão por causa da Coreia do Norte. Tensões que se vivem também no Médio Oriente. Na Europa, destaque para o negócio da Magnum de João Talone e para o drone que fechou parcialmente o Aeroporto de Gatwick.

Financial Times

Concorrência europeia quer mais poderes

A autoridade da concorrência da União Europeia está a considerar um reforço dos seus poderes para poder intervir de forma antecipada em problemas de concorrência, num esforço para evitar atrasos semelhantes ao que enfrentou na investigação à Google. Margrethe Vestager, comissária europeia da concorrência, adiantou ao Financial Times que está a avaliar poderes mais amplos que permitam impor medidas provisórias, para obrigar as empresas a cessarem comportamentos anti-concorrenciais suspeitos antes de uma constatação formal de irregularidades.https://www.ft.com/content/7068be02-5f19-11e7-91a7-502f7ee26895Leia a notícia completa no Financial Times. (Conteúdo em inglês / Acesso pago)

Bloomberg

Trump telefona a Xi Jiping e Shinzo Abe

As ambições nucleares da Coreia do Norte dominaram os telefonemas entre Donald Trump e os líderes da China e do Japão, numa altura em que o Presidente americano procura endurecer as posições em relação a Kim Jong Un. Trump, Abe e Xi Jinping deverão encontrar-se esta semana durante a reunião do G20 na Alemanha. Leia a notícia completa na Bloomberg. (Conteúdo em inglês / acesso livre)

Reuters

Sauditas dão mais dois dias ao Qatar para cumprir exigências

Quatro Estados árabes que acusam o Qatar de apoiar o terrorismo prolongaram até terça-feira o prazo para Doha cumprir com a lista de exigências, que incluem o encerramento da al Jazeera TV e a retirada de tropas turcas que se encontram no território. Do lado qatari, estas exigências são tão draconianas e sem base que dificilmente serão aceites. O que poderá aumentar as sanções impostas ao Qatar por parte da Arábia Saudita, Bahrain, Egito e Emirados Árabes Unidos. Leia a notícia completa na Reuters. (Conteúdo em inglês / acesso livre)

Expansión

Magnum vende Iberchem à Eurazeo por 400 milhões

A gestora de capital de risco do português João Talone, Ángel Corcóstegui e Enrique de Leyva vendeu a fabricante de perfumes Iberchem à France Eurazeo numa oferta que avalia a empresa em mais de 400 milhões de euros. De acordo com fontes do setor, a venda de um das joias da carteira da Magnum foi o culminar de um processo de leilão que durou menos de quatro meses. Leia a notícia completa no Expansión. (Conteúdo em espanhol / acesso livre)

BBC

Drone condiciona aeroporto de Gatwick

A aproximação de um drone ao Aeroporto de Gatwick levou a que as autoridades encerrassem uma das pistas, forçando o desvio de cinco voos. Porta-voz do aeroporto adiantou que a pista esteve fechada durante dois períodos de nove minutos e cinco minutos este domingo à tarde, depois do avistamento do drone. A Easyjet revelou que quatro dos seus voos tiveram de sofrer desvios, enquanto a British Airways disse que um dos seus aviões teve de ir para Bournemouth. Leia a notícia completa no BBC. (Conteúdo em espanhol / acesso livre)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Revista de imprensa internacional

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião