Fernando Medina: candidatura pela Agência do Medicamento “não foi bem conduzida”

  • ECO
  • 13 Julho 2017

O presidente da câmara de Lisboa, que perdeu a candidatura à Agência Europeia do Medicamento (EMA) para o Porto, diz que o processo não foi bem conduzido na fase inicial.

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, considera que o processo da candidatura portuguesa à Agência Europeia do Medicamento (EMA) “não foi particularmente bem conduzido pelo Governo.” Ainda assim, o também candidato por Lisboa nas próximas autárquicas garante que vai apoiar a candidatura do Porto.

“O processo não foi particularmente bem conduzido pelo Governo, na fase inicial,” disse Fernando Medina, em entrevista à TSF e Diário de Notícias, esta quinta-feira. Lisboa chegou a ser escolhida pelo Governo para a candidatura à EMA, mas o processo foi reaberto, na sequência de várias críticas, nomeadamente por parte do presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira. Esta quinta-feira, em Conselho de Ministros, o Executivo mudou a decisão e escolheu o Porto.

O processo não foi particularmente bem conduzido pelo Governo, na fase inicial.

Fernando Medina

Presidente da Câmara de Lisboa

“Espero que seja uma decisão para ganharmos,” acrescentou Fernando Medina. “Lisboa tem naturalmente condições boas para acolher a agência, aliás já cá temos duas, o Porto demonstrou também ter,” somou, notando que a decisão do Governo é “política.” E garantiu: “Respeitamos com naturalidade, esperamos que seja uma candidatura forte e já tive ocasião de transmitir ao Governo e ao presidente da Câmara do Porto todo o nosso empenho e apoio para que possamos, Portugal, ganhar este investimento.”

Já Rui Moreira, também candidato nas próximas autárquicas, tinha dito esta quinta-feira de manhã que “valeu a pena ter levantado a voz” contra a decisão inicial do Governo e agradeceu o facto de o Executivo ter mudado de opinião.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fernando Medina: candidatura pela Agência do Medicamento “não foi bem conduzida”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião