Altice quer fazer crescer Media Capital no mercado português

Expansão digital, aumento de investimento na TVI 24 e novos serviços são prioridades, de acordo com comunicado enviado à CMVM. Plural deve passar a produzir conteúdos para todo o mundo.

A Altice, através da Meo, lançou esta sexta-feira uma oferta pública de aquisição (OPA) ao grupo Prisa pela participação dos espanhóis na Media Capital, a dona da TVI, um negócio no valor de 440 milhões de euros. De acordo com o comunicado enviado pela Meo à CMVM, regulador português, a compra faz parte da “estratégia de convergência global da Altice”.

“A aquisição (…) segue o caminho adotado em França, nos Estados Unidos e em Israel“, avança a empresa em comunicado. “A Altice quer fornecer mais conteúdos a todos os consumidores portugueses num mundo digital e, como tal, disponibilizar mais oferta centrada em formatos e produção locais”, adianta ainda a empresa, sublinhando a vontade de “fortalecer significativamente o setor dos media português“.

De acordo com o documento, a Altice compromete-se a “manter a plataforma da sociedade visada no mercado português, assegurando o seu sucesso num panorama digital e dos media em rápida evolução e com novos desafios e oportunidades” e enumera-os, por pontos:

  • investir na expansão digital
  • desenvolver novos canais televisivos e formatos
  • lançar novos serviços e inovadores
  • aumentar os investimentos em conteúdos portugueses
  • melhorar o alcance de canais fundamentais como a TVI 24
  • usar a Plural como o núcleo de produção de conteúdos global
  • exportar conteúdo português para outros territórios em que a Altice atue, em especial para França e para os Estados Unidos.

Comentários ({{ total }})

Altice quer fazer crescer Media Capital no mercado português

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião