Bruxelas aprova fusão entre motores de busca Priceline e Momondo

  • Lusa
  • 17 Julho 2017

Transação entre os dois motores de busca não levanta preocupações no âmbito da concorrência no espaço económico europeu.

A compra do grupo Momondo pelo grupo Priceline foi aprovada pela Comissão Europeia, uma vez que a transação entre os dois motores de busca de turismo não levanta preocupações no âmbito da concorrência no espaço económico europeu (EEU), foi hoje anunciado.

Em comunicado, o executivo comunitário explicou ter avaliado o impacto no mercado da compra do Momondo, que opera principalmente com os portais Cheapflights e Momondo de procura de serviços, pelo grupo Priceline, que inclui marcas como booking.com, priceline.com, agoda.com, KAYAK Rentalcars.com e Opentable.

“A Comissão avaliou o impacto da transação proposta nos mercados para a exploração de ‘sites’ de ‘meta-busca’ (pesquisa em portais de busca de serviços) dentro do EEU”, lê-se na nota de Bruxelas, referindo que o portal de meta-busca permite comparar ofertas.

“Por outro lado, oferecem serviços de publicidade para agências de viagens e prestadores de serviços de viagens, como companhias aéreas, hotéis e empresas de aluguer de automóveis”, precisou ainda a Comissão, que teve atenção às “relações verticais decorrentes” da fusão das empresas.

Bruxelas concluiu que as atividades em ‘meta-busca’ são complementares geograficamente no EEU, já que o Priceline tem uma atividade limitada nos países nórdicos, enquanto o Momondo tem uma “posição forte no mercado”.

A entidade que irá resultar da fusão irá competir com outros operadores globais como Skyscanner, Trivago, TripAdvisor, Google e operadores mais pequenos, estimou ainda Bruxelas, que não apresentou, assim, preocupações sobre concorrência.

O grupo norte-americano Priceline opera em 224 países e territórios da Europa, América do Norte, América do Sul, região do Pacífico asiático, África e Médio Oriente.

O grupo britânico Momondo está presente em 35 mercados internacionais, com foco na região nórdica.

A transação foi comunicada à Comissão no passado dia 12.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bruxelas aprova fusão entre motores de busca Priceline e Momondo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião