China anima Europa, EDP puxa por Lisboa

A bolsa de Lisboa abriu as negociações em terreno positivo, apoiada principalmente no setor da energia. Forte crescimento económico chinês está a dar ânimo aos investidores.

Abertura morna na bolsa de Lisboa. O PSI-20 arrancou a sessão desta segunda-feira a subir ligeiramente, acompanhando a tendência das principais praças europeias.

O principal índice nacional avançava 0,13%, beneficiando de um dia positivo no setor da energia. Mas os mercados também beneficiavam de bons ares vindos da China. O país de Xi Jinping apresentou um forte crescimento económico de 6,9% em relação ao segundo trimestre deste ano, dando indícios de solidez quanto à economia mundial.

Em Portugal, a EDP puxava pela bolsa ao avançar 0,54% para 2,98 euros, enquanto a Galp Energia subia 0,11% para 13,57 euros, num dia em que o petróleo valoriza mais de 0,15% em Nova Iorque e em Londres. A petrolífera portuguesa revelou esta segunda-feira um forte crescimento na produção, sobretudo no Brasil. Em contrapartida, cenário vermelho na EDP Renováveis, que caía 0,48% à hora de abertura.

A bolsa beneficiava ainda de valorizações por parte dos CTT e da Mota-Engil, num dia em que o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, está no México e inaugurará novas instalações da construtora naquele país. Também o BCP aliviava o índice e subia 0,16% para 25 cêntimos.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

China anima Europa, EDP puxa por Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião