Todos querem a Abertis: agora é a ACS

  • Ana Batalha Oliveira
  • 21 Julho 2017

A construtora espanhola confirmou que quer fazer uma oferta acima dos 16,50 euros por ação avançados pela Atlantia.

A ACS foi um dos acionistas de referência da Abertis até 2012 e quer voltar aos “velhos hábitos”. Confirmou ao regulador da bolsa espanhola que está interessada em lançar uma proposta superior à da Atlantia. É o terceiro grupo a manifestar interesse, embora a Aena tenha desistido da corrida.

A ACS precisa de fundos para superar a oferta da Atlantia, mas a intenção é essa mesmo, avança o Expansión. A proposta está a ser trabalhada há semanas, confirmou esta sexta-feira em comunicado à CNMV, o regulador da bolsa em Espanha. Esta aquisição daria origem a um novo gigante mundial de infraestruturas. A soma do valor de mercado de ambas ascende aos 27 mil milhões de euros.

A Atlantia foi a primeira empresa a apresentar uma proposta que valorizou a Abertis em 16,3 mil milhões, aos quais se soma a dívida de 15 mil milhões da empresa de infraestruturas espanhola. Contas feitas, a ACS precisa de desembolsar mais de 32 mil milhões para passar à frente da atual corrente na compra.

Já no início desta semana, outra empresa espanhola, a gestora de aeroportos Aena, tinha manifestado interesse. Contudo, assumiu desde logo que a operação era “ambiciosa” e já veio comunicar que não iria avançar com uma proposta concreta.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Todos querem a Abertis: agora é a ACS

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião