O Model 3 da Tesla visto por dentro

O interior é minimalista com as funcionalidades agregadas num ecrã tátil. O teto é quase todo feito de vidro para dar dimensão a um carro que é mais pequeno do que o habitual.

Foi uma madrugada de revelações para a Tesla. Elon Musk entregou finalmente os primeiros Model 3 ao público. Esta é a aposta da empresa para lançar carros elétricos para as massas. Com pompa e circunstância, Musk entrou no evento a conduzir o novo carro em tons de vermelho. Este é o primeiro modelo dirigido a um público mais alargado com a aposta a recair num interior minimalista, contrastando com os carros tradicionais.

Há duas semanas, foi o próprio presidente executivo da empresa quem mostrou uma fotografia de um Model 3 novo em folha. Mas na apresentação desta sexta-feira foi possível ver como é o carro por dentro. Foram entregues 30 automóveis deste novo modelo durante o evento da Tesla para assinalar o início da venda do novo carro elétrico. No evento, Musk disse estar “confiante de que este será o melhor carro neste intervalo de preços”.

As pré-encomendas do Model 3 começaram em março, pouco depois da apresentação do automóvel, mediante o pagamento de 1.000 dólares — o carro custa 35 mil dólares. Segundo os números mais recentes, terão sido encomendados já 500 mil Model 3, segundo a Bloomberg. No início do mês, Elon Musk prometeu que a produção irá “crescer exponencialmente” e passará de 100 unidades produzidas em agosto para mais de 1.500 em setembro. O objetivo anual para 2018 é de 500 mil unidades produzidas.

As características deste novo modelo passam por um design minimalista. Mas ao lado do volante há um ecrã com um tamanho semelhante a um tablet que ajudará o condutor. A condução é semi-autónoma, existindo poucos botões nas imagens divulgadas. Uma das características mais surpreendente é o teto do carro que é quase todo feito de vidro.

Segundo a Bloomberg, o consumidor pode optar entre duas baterias para o carro: uma mais modesta, que corresponde aos 35 mil dólares, e uma com maior alcance, o que coloca o preço do carro nos 44 mil dólares. A Motor Trend teve acesso ao carro em primeira mão, cujo vídeo do test drive pode ser visto aqui.

Na sexta-feira as ações da Tesla em Wall Street subiram 0,18% para os 335,07 dólares.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

O Model 3 da Tesla visto por dentro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião