CDS vai propor redução de IRC de 21% para 19%

  • Lusa
  • 3 Setembro 2017

Depois de no sábado a CIP ter avançado que iria propor ao Governo uma redução do IRC de 21% para 19%, o CDS anuncia que irá propor essa alteração no Parlamento na discussão do OE2018.

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, afirmou este domingo, em Ponte de Lima, que o partido apresentará uma proposta para a “diminuição progressiva do IRC” de 21% para 19%, como forma de atrair investimento e criar emprego.

“Aquilo em que continuaremos a trabalhar é para baixar progressivamente o IRC [Imposto sobre o Rendimento Coletivo] e, já neste Orçamento do Estado, à semelhança do que temos feito, o CDS, através do seu grupo parlamentar, apresentará a proposta para diminuir a taxa de 21% para 19%“, afirmou, durante o comício de apresentação dos candidatos ao concelho de Ponte de Lima (distrito de Viana do Castelo) nas autárquicas de 1 de outubro.

Dessa medida, disse, “depende a criação de investimento, emprego, boas condições de trabalho que geram riqueza e que geram o desenvolvimento do país”. Apontando a Câmara de Ponte de Lima (CDS) como “inspiradora de uma boa gestão autárquica”, a presidente do partido declarou que o Governo “precisa de dar o exemplo e dizer a todos que, em Portugal, vale a pena trabalhar, vale a pena os portugueses arriscarem o seu dinheiro em projetos empresariais, vale a pena os que estão fora olharem para o nosso país e também aqui querem investir”.

Assunção Cristas acusou o PS de ter “quebrado” um acordo “do passado recente” que previa a redução progressiva do IRC. “Recordo-me de que, no passado, foi feito um acordo, um consenso com o PS para se diminuir progressivamente o IRC, porque era preciso para atrair investimento, criar emprego e para criar riqueza no nosso país; porque sem riqueza criada de forma sustentável é difícil socorrer todas as situações e distribuir essa mesma riqueza. Pois os socialistas, com António Costa, na primeira oportunidade quebraram este acordo”, afirmou.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

CDS vai propor redução de IRC de 21% para 19%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião