É oficial: Santander Totta aprova compra do Popular Portugal

  • Rita Atalaia
  • 5 Setembro 2017

O banco liderado por Vieira Monteiro já aprovou a compra do Popular Portugal, de acordo com um comunicado enviado à CMVM. Ficam ainda a faltar "procedimentos legais", dizem as duas entidades.

O Banco Santander Totta aprovou a compra do Popular Portugal, de acordo com dois comunicado enviados ao regulador do mercado pelas duas entidades. O banco liderado por António Vieira Monteiro passa agora a ser o maior banco privado no mercado nacional de ativos. Esta integração acontece depois de o Grupo Santander ter comprado o Banco Popular por um euro no âmbito da medida de resolução. Falta a “luz verde” dos reguladores.

Foi aprovada a “compra, pelo Banco Santander Totta ao Banco Popular Español de 100% do capital social do Banco Popular Portugal”, lê-se no comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). É feita a compra do Popular Portugal, mas também da Consulteam e da Eurovida.

O que o Santander Totta comprou ao Popular Español:

  • A compra, pelo Banco Santander Totta, S.A. ao Banco Popular Español, de 100% do capital social do Banco Popular Portugal;
  • A compra, pela Totta Urbe – Empresa de Administração e Construções à Consulteam – Consultores de Gestão, da respetiva carteira de ativos;
  • A compra, pela Santander Totta ao Banco Popular Español, de 84,07% do capital social da Eurovida – Companhia de Seguros de Vida.

Ao mesmo tempo, “os conselhos de administração do Banco Santander Totta e do Banco Popular Portugal aprovaram um projeto de fusão simplificada por incorporação, nos termos do qual o Banco Santander Totta incorporará juridicamente o Banco Popular Portugal, incluindo a totalidade do seu ativo e passivo”, refere.

"Os conselhos de administração do Banco Santander Totta e do Banco Popular Portugal aprovaram um projeto de fusão simplificada por incorporação, nos termos do qual o Banco Santander Totta incorporará juridicamente o Banco Popular Portugal, incluindo a totalidade do seu ativo e passivo.”

Santander Totta e Popular Portugal

Para que esta operação fique concluída está dependente dos “procedimentos legais inerentes às operações acima referidas junto das autoridades de supervisão”, de acordo com as duas entidades.

Foi em junho que o Grupo Santander comprou o Banco Popular por um euro, no âmbito de uma medida de resolução. Isto depois de sete dias em queda na bolsa e de um ultimato de Bruxelas. Neste processo estava ainda incluído um aumento de de capital de sete mil milhões de euros por parte do Santander, um reforço necessário para cobrir o capital e as provisões necessárias para fortalecer o Popular. Para isso, o Santander procedeu à venda de vários ativos imobiliários ao Blackstone.

(Notícia atualizada às 17h30 com mais detalhes)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

É oficial: Santander Totta aprova compra do Popular Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião