Esta aplicação oferece-lhe descontos por andar de bicicleta

  • ECO
  • 18 Setembro 2017

A Biklio oferece-lhe descontos e ofertas especiais por cada 500 metros pedalados pela cidade. Há parcerias com várias lojas locais, desde cafés, gelatarias ou até mesmo farmácias.

Já não vai ter desculpas para não tirar de casa aquela bicicleta que já não usa há imenso tempo. Chegou a aplicação que lhe vai oferecer descontos e benefícios em diversas lojas da cidade e, para isso, só tem de pedalar.

A Biklio é uma app para o telemóvel que oferece vantagens por determinado número de metros pedalados a bicicleta. E, quando falamos em vantagens, falamos de descontos e benefícios em lojas locais.

Para já só está disponível em Lisboa: vai ser lançada esta semana, a 21 de setembro, durante a Semana Europeia da Mobilidade, e “deteta quando os utilizadores estão a andar de bicicleta”. Em breve deverá chegar a Braga e Torres Vedras.

Como funciona?

A ideia é muito simples. Basta pedalar, pelo menos 500 metros, para conseguir um desconto ou até uma bebida ou bola de gelado grátis em algumas das lojas locais afiliadas à plataforma. Na chegada ao estabelecimento, é só mostrar no telemóvel a confirmação da viagem.

“Já existem aplicações com um conceito semelhante, que dão benefícios consoante o exercício físico realizado, mas desta forma, com benefícios para lojas da zona, é uma novidade”, avançou ao P3 o gestor do produto, João Bernardino.

E desengane-se se pensa que consegue “enganar” a plataforma. A certeza da pedalada é detetada “através da vibração”. E no caso dos telemóveis com sistema operativo Android, nem sequer é preciso ligar o GPS.

Os estabelecimentos são classificados de acordo com as suas categorias, como por exemplo saúde e bem-estar, restauração, artes e lazer, mercado ou roupa e acessórios. Desde cafetarias que oferecem um café ou um sumo, passando pelas geladarias que oferecem uma bola de gelado grátis ou descontos, nas mercearias e farmácias que oferecem 10% de desconto. As opções são muitas e desculpas não vai haver.

João Bernardino assegura que a plataforma não tem nenhuma empresa associada, mas apenas comerciantes locais que se interessaram pela ideia, devido ao conceito e à promoção de um estilo de vida saudável.

Lisboa é a primeira cidade europeia onde o projeto funciona, mas prevê-se que Itália, Luxemburgo, Bulgária e Holanda sejam os próximos países a usufruir da funcionalidade.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Esta aplicação oferece-lhe descontos por andar de bicicleta

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião