Portuguesa James entra no exclusivo acelerador Fintech71

Dez startups de fintech participam no acelerador norte-americano. Na short list há um nome português: a James, a ex-Crowdprocess.

A plataforma James, criada pela portuguesa ex-CrowdProcess, acaba de ser escolhida para integrar a lista de dez fintech do exclusivo acelerador norte-americano Fintech71, anunciaram no Facebook.

A startup portuguesa, especializada em machine learning aplicado a soluções para o setor financeiro, integra a lista de uma dezena de escolhidas e participa no encontro que decorre em Nova Iorque. Da lista fazem parte startups de países como a Índia, Reino Unido, Estados Unidos, Israel e Irlanda.

Há um ano, a James mudou o nome inicial de CrowdProcess. Em maio deste ano, Pedro Fonseca, co-fundador da empresa, anunciava num post no Medium que passava a pasta de CEO a João Menano, também na empresa desde o primeiro dia.

A 30 de junho, a fintech portuguesa fechou uma ronda de financiamento de 2,7 milhões, que incluiu investidores como o ex-membro da administração da Credit Suisse, Gaël de Boissard. Um ano antes, a startup saiu vencedora do concurso Money 20/20 Europe Startup Competition.

Comentários ({{ total }})

Portuguesa James entra no exclusivo acelerador Fintech71

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião