Google compra negócio da HTC. Faz mira à Apple

  • ECO
  • 21 Setembro 2017

A compra de dois setores estratégicos da HTC trará um maior controlo por parte do gigante tecnológico sobre o design e a produção dos seus equipamentos.

A Google chegou a acordo para a compra das unidades de engenharia e design da HTC. A aquisição por uma soma de 1,1 mil milhões de dólares vem com um acordo de licenciamento não-exclusivo de propriedade intelectual da HTC. A Alphabet terá também acesso a quadros com quem já colaborou na criação dos smartphones Pixel, nomeadamente cerca de 2.000 funcionários, para tentar fazer frente à Apple.

De acordo com a Bloomberg, a Google prepara-se para lançar em outubro uma nova geração de smartphones. Com um maior controlo sobre o fabrico de novos equipamentos, a empresa de Sundar Pichai poderá acelerar a inovação com os seus produtos e criar um ponto de referência para todo o ecossistema Android, refere Jitendra Waral, analista-sénior da Bloomberg Intelligence.

No passado, a compra da Motorola Mobility fora acordada por um preço superior: 12,5 mil milhões de dólares. A fabricante de smartphones foi posteriormente vendida à Lenovo por menos de três mil milhões. A compra enfureceu outros fabricantes de telemóveis equipados com o software da Google, mas agora o contexto é diferente, uma vez que outros produtores do setor já se habituaram ao duplo papel da Google enquanto parceiro e rival.

Jason Low, analista da Canalys em Xangai, sublinha a importância do controlo da Google sobre os Pixel para poder competir com a oferta da Apple. Numa altura em que o mercado dos smartphones está a progredir no desenvolvimento de tecnologias como a realidade aumentada e a inteligência artificial, torna-se importante para a gigante de Sundar Pichai monitorizar que hardware acompanha os seus smartphones, quando muitos dos outros fabricantes que recorrem ao seu software confiam em componentes de pior qualidade, refere a Bloomberg.

A aquisição também poderá trazer benefícios em termos de software, uma vez que a Google tem vindo a deparar-se com dificuldades junto dos seus parceiros fabricantes em oferecer aos consumidores a versão mais recente e segura do sistema operativo Android.

A Google ainda não adiantou como irá alocar a mão-de-obra da HTC contratada, dizendo apenas que está a trabalhar nos detalhes.

Comentários ({{ total }})

Google compra negócio da HTC. Faz mira à Apple

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião