Xavier Bettel prefere um liberal a presidir o Eurogrupo

O primeiro-ministro do Luxemburgo defende que "um candidato liberal seria melhor" para presidir ao Eurogrupo, mas não comenta a possibilidade de Mário Centeno ocupar o cargo.

“Não quero falar sobre a possibilidade de Mário Centeno ser o próximo presidente do Eurogrupo”, diz o primeiro-ministro do Luxemburgo, lembrando que, normalmente, os nomes falados antes da eleição não chegam lá. Ainda assim, Xavier Bettel admite que prefere um candidato liberal.

Numa conferência de imprensa com vários jornalistas europeus, e questionado pelo ECO sobre a possibilidade de o ministro das Finanças português poder vir a ocupar o cargo de Jeroen Dijsselbloem, Xavier Bettel disse não querer falar sobre essa possibilidade e lembrou que Dijsselbloem vai levar o cargo até ao fim, sendo que não é claro o momento em que vai deixar o posto.

Além disso, sublinhou que a decisão cabe “aos ministros das Finanças”. “Se lhes disser quem deve ser, dir-me-ão que não é da minha conta, tal como lhes diria se tivesse de escolher o presidente do meu conselho”, adiantou.

Ainda assim, Xavier Bettel perguntou a que família política pertencia Mário Centeno. E perante a resposta de que se trata de um socialista frisou: “Creio que um candidato liberal seria melhor”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Xavier Bettel prefere um liberal a presidir o Eurogrupo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião