Metros, STCP e Transtejo recebem menos um milhão em 2018

Metro do Porto, STCP, Metro de Lisboa e Transtejo vão receber, em 2018, um total de 4,65 milhões para renovação e manutenção de frotas, um corte de 18% face ao Orçamento deste ano.

Os transportes de Lisboa e do Porto vão receber menos dinheiro, no próximo ano, para a renovação e reparação de frota. Ao todo, o Metro do Porto, STCP, Metropolitano de Lisboa e Transtejo vão receber 4,65 milhões de euros, menos um milhão do que tinham recebido no ano passado.

Na proposta de Orçamento do Estado para 2018, o Governo destina 1,3 milhões de financiamento para “infraestruturas de longa duração” do Metro do Porto e outros 1,3 milhões de financiamento para “remodelação e reparação de frota” do Metropolitano de Lisboa. Em 2017, estas duas empresas tiveram, cada uma, direito a 1,7 milhões de euros.

Já a Sociedade de Transportes Coletivos do Porto (STCP) terá direito a 1,2 milhões para “remodelação e reparação de frota” no próximo, valor abaixo dos 1,455 milhões que lhe foram destinados este ano.

No último Orçamento, a Carris tinha reservados 855 mil euros. No entanto, a empresa de transportes de Lisboa passou a ser gerida pela Câmara Municipal da capital. Em 2018, estes 855 mil euros serão destinados à Transtejo.

Feitas as contas, as quatro empresas de transportes recebem um total de 4,65 milhões de euros em 2018, um corte de 18,4% face aos 5,7 milhões que lhes foram destinados no Orçamento do Estado para este ano.

Comentários ({{ total }})

Metros, STCP e Transtejo recebem menos um milhão em 2018

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião