5 coisas que vão marcar o dia

  • Juliana Nogueira Santos
  • 17 Outubro 2017

É dia de comissão da Caixa Geral de Depósitos e de apresentação de dois dos maiores bancos norte-americanos. É também conhecida a taxa de inflação da Zona Euro para setembro.

Esta terça-feira é dia de comissão da Caixa Geral de Depósitos e de apresentação de dois dos maiores bancos norte-americanos. É também conhecida a taxa de inflação da Zona Euro e do Reino Unido relativamente a setembro. No Reino Unido, o governador do Banco da Inglaterra, Mark Carney, vai apresentar-se pela primeira vez perante os deputados após a votação do Brexit. Estes e outros acontecimentos que vão marcar o dia.

Apresentação das notas finais sobre a CGD

Nesta segunda comissão da Caixa Geral de Depósitos, os deputados vão discutir as conclusões relativamente às condições de contratação e demissão de António Domingues para a administração do banco público. No centro da polémica está a recusa deste em apresentar as declarações de rendimentos e património ao Tribunal Constitucional, uma obrigação da qual julgava estar isento devido a um acordo mutuo com o Governo. O relatório desta comissão conclui que o acordo nunca existiu e que Domingues se guiou por “pressupostos que julgava por adquiridos”. O documento vai ser apresentado pelo relator Luís Testa, deputado socialista.

Vítor Constâncio e Carlos Costa falam em Lisboa

O vice-presidente do Banco Central Europeu volta a Lisboa para debater os principais desafios à estabilidade financeira e à política macroprudencial. Vítor Constâncio estará presente na conferência “Estabilidade Financeira”, organizada pelo Banco de Portugal, onde estarão reunidos reguladores, supervisores financeiros e académicos. A sessão de boas-vindas e a nota de abertura vão ficar a cargo de Carlos Costa, governador do regulador da banca.

Carney estreia-se perante o parlamento britânico após o Brexit

O governador do Banco de Inglaterra, Mark Carney, vai apresentar-se perante o parlamento europeu pela primeira vez após a votação de junho de 2016. Após a maioria dos britânicos ter decidido pedir o divórcio da União Europeia, Carney poderá dar algumas pistas relativas ao caminho a seguir no que diz respeito à política monetária no período pós-Brexit.

Como avançaram os preços em setembro?

Terça é dia de saber como avançaram os preços em setembro não só na Zona Euro como também no Reino Unido. No mês passado, a taxa de inflação anual da Zona Euro acelerou para os 1,5%, num mês tradicionalmente de férias. Estes dados divulgados pelo Eurostat representavam uma reaproximação ao nível de crescimento dos preços verificado nos primeiros meses do ano, bem como ao objetivo fixado pelo Banco Central Europeu.

Bancos norte-americanos apresentam resultados

Esta terça-feira é dia de dois dos maiores bancos norte-americanos — o Morgan Stanley e o Goldman Sachs — apresentarem os seus resultados relativos ao terceiro trimestre do ano. Os bancos continuam à espera de uma decisão da Reserva Federal relativamente à taxa de juro diretora, que poderá estar para dezembro, como se pode ler nas minutas da última reunião. Junta-se também a estes gigantes a Johnson & Johnson e a tecnológica IBM.

Comentários ({{ total }})

5 coisas que vão marcar o dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião