Incêndios: Costa e Rajoy juntos no pedido para acionar fundo de solidariedade

Primeiro-ministro português revelou em Bruxelas que Portugal e Espanha vão apresentar pedido conjunto para acionar fundo de solidariedade por causa danos provocados pelos incêndios nos dois países.

Portugal e Espanha vão apresentar um pedido conjunto para acionar o fundo de solidariedade da União Europeia, na sequência dos incêndios florestais em regiões dos dois países, anunciou esta sexta-feira o primeiro-ministro português, António Costa, em Bruxelas.

“Foi acordado com o presidente Rajoy que Portugal e Espanha vão apresentar um pedido em comum [para acionar fundo de solidariedade], visto que grande parte dos danos são danos comuns ou em continuidade das mesmas circunstâncias”, declarou o governante português no fim do Conselho Europeu. “Assim podemos ter maior eficácia junto da União Europeia na obtenção destes resultados”, frisou Costa.

 

Portugal registou vários incêndios no último fim de semana e dos quais resultaram pelo menos 43 mortos, tendo provocado dezenas de feridos, para lá dos prejuízos materiais.

"Foi acordado com o presidente Rajoy que Portugal e Espanha vão apresentar um pedido em comum [para acionar fundo de solidariedade], visto que grande parte dos danos são danos comuns ou em continuidade das mesmas circunstâncias. Assim podemos ter maior eficácia junto da União Europeia na obtenção destes resultados.”

António Costa

Primeiro-ministro

Face aos danos verificados, António Costa revelou ainda que está esperançado que os parceiros europeus venham a acolher “favoravelmente” uma proposta de considerar as despesas públicas relacionadas com incêndios como “excecionais”, sem que tenham quaisquer consequências na avaliação orçamental.

O primeiro-ministro lembrou ainda que a Comissão está a estudar uma recomendação antiga de criação de uma força europeia de Proteção Civil.

Comentários ({{ total }})

Incêndios: Costa e Rajoy juntos no pedido para acionar fundo de solidariedade

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião