5 coisas que vão marcar o dia

  • Ana Batalha Oliveira
  • 23 Outubro 2017

O dia é dos mercados: do futuro da Oi ao futuro do Japão, são vários os assuntos na mira dos investidores.

Por cá, os mercados vão estar atentos à reunião dos credores da Oi — a empresa que conta com uma participação de 27% da cotada Pharol e pediu a recuperação judicial. Também o Japão será alvo da curiosidade dos investidores após as eleições de domingo para o chefe de Estado. Nos EUA, os pesos pesados do mercado de capitais reúnem-se numa conferência.

Credores da Oi reúnem-se

Depois de ter sido adiada pelo Conselho de Administração, a assembleia de credores da Oi vai realizar-se esta segunda-feira. Esta é a primeira convocação, estando a segunda marcada para 27 de novembro. A Oi entrou com um pedido de recuperação judicial em junho do ano passado por não conseguir negociar um total de 65,4 mil milhões de reais (19,6 mil milhões de euros) em dívidas. Atualmente a Pharol SGPS, antiga Portugal Telecom, é acionista de referência da operadora brasileira, já que detém 27% de suas ações.

Mercado de capitais dos EUA reunido fora da bolsa

Começa esta segunda-feira a conferência anual do mercado de capitais americano, a Capital Markets Conference, organizada pela SIFMA (Securities Industry And Financial Markets Association). O chairman da SEC (Securities and Exchange Commission), Jay Clayton, e a CEO da Fidelity Investments, Abigail Johnson, são dois dos oradores mais sonantes.

Investidores viram-se para o Japão

Este domingo realizaram-se as eleições para o Governo japonês. O primeiro-ministro Shinzo Abe foi sempre o favorito à vitória. Resta perceber como os resultados vão ser recebidos pelos mercados.

Brexit volta ao parlamento britânico

A primeira-ministra britânica, Theresa May, deverá anunciar ao parlamento o progresso das negociações do Brexit. Deverão ser apresentadas as conclusões da última reunião que teve lugar em Bruxelas na última segunda-feira. No final da semana passada, May veio dizer que o acordo para proteger os direitos dos cidadãos europeus residentes no Reino Unido “está perto” de ser alcançado.

E os consumidores europeus, estão confiantes?

Segunda-feira mede-se a confiança dos consumidores da zona euro no mês de outubro. Em setembro, este indicador atingiu o nível mais alto desde 2001, e os analistas da Bloomberg esperam que no mês de outubro o otimismo se mantenha dado que as condições de mercado se mantiveram assim como o preço do combustível. Em Portugal, os números também subiram, chegando a níveis sem paralelo no histórico nacional.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

5 coisas que vão marcar o dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião