Quem é Carlos Saturnino, o homem escolhido por João Lourenço para liderar a Sonangol?

  • Rita Atalaia
  • 15 Novembro 2017

Já esteve à frente da Sonangol, mas foi afastado por Isabel dos Santos que o acusou de "desvios financeiros". Passa agora a liderar a petrolífera pela mão do Presidente da República, João Lourenço.

Carlos Saturnino Guerra Sousa e Oliveira (à direita) na tomada de posse como secretário dos Petróleos, ladeado por Diamantino Pedro Azevedo, ministro dos Recursos Minerais e Petróleos, e Jânio Victor, novo secretário de Geologia e Minas.Ministério dos Petróleos de Angola

Carlos Saturnino está de regresso à Sonangol. Depois de ter sido afastado da presidência da comissão executiva por Isabel dos Santos, que o acusou de má de gestão, o até agora secretário de Estado dos Petróleos vai liderar a petrolífera. A nomeação por parte do Presidente da República de Angola, João Lourenço, vem no seguimento da exoneração da filha do anterior chefe do Estado do cargo.

O economista de profissão já trabalhou em empresas do setor petrolífero como a Sonils e Sonamet. E foi afastado da petrolífera angolana Sonangol em dezembro de 2016, quando Isabel dos Santos decidiu exonerar a comissão executiva da empresa responsável pela pesquisa e produção de petróleo, acusando-o de má gestão e de graves desvios financeiros.

“Não é correto, nem ético, atribuir culpas à equipa que somente esteve a dirigir a empresa no período entre a segunda quinzena de abril de 2015 e 20 de dezembro de 2016”, respondeu na altura Carlos Saturnino, que em pouco mais de um mês como secretário de Estado dos Petróleos, nomeado por João Lourenço, tutelou a Sonangol a partir do Governo. Segundo os jornais angolanos, a nomeação do economista para secretário de Estado foi o primeiro passo para que este ocupasse a liderança da petrolífera e substituísse a filha do anterior chefe de Estado. Com o regresso à Sonangol, deixa o cargo no Executivo.

A exoneração de Isabel dos Santos, e substituição por Carlos Saturnino, já tinha sido avançada pela RTP no início deste mês. Mas estas notícias foram desmentidas pela presidência angolana, sendo que agora foi confirmada. A empresária Isabel dos Santos assumiu em junho de 2016 o cargo de presidente do conselho de administração do grupo Sonangol, nomeada para as funções por José Eduardo dos Santos, então chefe de Estado angolano, tendo como missão conduzir a reestruturação da petrolífera, o maior grupo empresarial de Angola.

Além da entrada de Carlos Saturnino, entre os novos administradores da Sonangol está Sebastião Pai Querido Gaspar Martins, que já tinha estado no Conselho de Administração da Sonangol. Já Luís Ferreira do Nascimento José Maria foi administrador executivo da Sonair, a transportadora aérea detida pela Sonangol. Veja quem sai e entra na liderança da petrolífera estatal angolana.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Quem é Carlos Saturnino, o homem escolhido por João Lourenço para liderar a Sonangol?

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião