Banif: Dois terços dos lesados arriscam ficar sem indemnização

  • ECO
  • 28 Novembro 2017

O prazo para reclamar o direito a indemnização termina a 19 de dezembro. Quase dois terços dos lesados não qualificados ainda não exerceram esse direito.

Quase dois anos após a resolução do Banif uma grande proporção dos lesados da instituição financeira arriscam a perder o direito a receber qualquer indemnização. Segundo avança o Público (acesso condicionado), perto de dois terços dos lesados não qualificados da instituição financeira ainda não formalizaram a respetiva queixa e quase não o façam nas próximas semanas perdem esse direito.

De acordo com o jornal, a Associação de Defesa dos Lesados do Banif (Alboa) estima que dos 3.500 obrigacionistas subordinados do banco, que tinha sede no Funchal, apenas 1.500 formalizaram junto das autoridades judiciais a respetiva reclamação. Os restantes 2.000 lesados têm apenas até 19 de dezembro para o poder fazer. Nessa data completam dois aos sobre o início do processo de resolução do Banif. Aquilo que a legislação estipula é que ao fim de dois anos após os lesados tomarem conhecimento do processo, a responsabilidade do intermediário financeiro — neste caso o Banif — prescreve.

“Ainda há muitas pessoas que não apresentaram queixa, e que correm o risco de ficar de fora de uma solução”, afirmou Jacinto Silva responsável pela Alboa ao Público, dizendo que continua a persistir muita falta de informação sobre este processo.

“Muitas pessoas não têm ainda a noção do que aconteceu e dos direitos que têm”, disse ainda o mesmo responsável, explicando que por isso dos 263 milhões de euros investidos em obrigações subordinadas, à data da resolução do banco, apenas 150 milhões de euros terão sido já reclamados.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Banif: Dois terços dos lesados arriscam ficar sem indemnização

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião