O percurso de Belmiro de Azevedo na Sonae

Belmiro foi contratado para a Sonae em 1965. Pôs um ponto final na sua carreira de gestor em 2015. Deixou o filho Paulo Azevedo aos comandos, numa transição suave de poder.

Foram 50 anos de vida dedicados, de corpo e alma à Sonae. Belmiro de Azevedo entrou com apenas 26 anos, para assumir a função de diretor de Investigação e Desenvolvimento, mas começou logo a impor o seu cunho, dando início a um conjunto de reformas na empresa. Até ao momento em que decide abandonar a empresa pelo seu próprio pé, Belmiro não parou de fazer crescer o grupo, não só em dimensão, mas também em áreas de atividade. Conheça as várias etapas pelas quais o grupo passou.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

O percurso de Belmiro de Azevedo na Sonae

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião