Colaboradores da Sonae homenageiam Belmiro

São mais de 40 mil os colaboradores do grupo Sonae. No site deixam a promessa de tudo fazer para perpetuar o legado de Belmiro de Azevedo.

Numa pequena e singela homenagem os colaboradores da Sonae prestaram tributo a Belmiro de Azevedo, o “homem que dedicou a vida a criar um legado histórico ímpar no panorama empresarial em Portugal”.

São mais de 40 mil os colaboradores do grupo e nas parcas linhas publicadas no site oficial da empresa assumem o compromisso “de tudo fazer para o perpetuar, empenhados em contribuir para que a Sonae continue a levar os benefícios do progresso e da inovação a um número crescente de pessoas, tal como o Engenheiro Belmiro sempre nos ensinou”.

Belmiro de Azevedo é ainda recordado como o homem que liderou a Sonae durante 50 anos. Um período, defendem, em que “transformou [o grupo] num dos mais importantes e respeitados grupos empresariais portugueses com o seu caráter empreendedor único”.

Belmiro de Azevedo o homem que defendia as carreiras em ziguezague, morreu na tarde desta quarta-feira, 29 de novembro. O patrão da Sonae, que já se tinha retirado de todos os órgãos sociais do grupo deixa um grupo empresarial que faturou, em 2016, mais de 5,3 mil milhões de euros e que continua a crescer.

A Sonae está presente em mais de 90 países e tem investimentos em diversas áreas que vão desde o retalho (alimentar e não alimentar), imobiliário e telecomunicações.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Colaboradores da Sonae homenageiam Belmiro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião