Ministro do Trabalho foi vice-presidente da Assembleia Geral da Raríssimas

  • ECO
  • 11 Dezembro 2017

Fonte do Ministério indica que o cargo foi ocupado antes de Vieira da Silva integrar o atual Governo e remete mais declarações para a conferência de imprensa desta tarde.

O ministro do Trabalho, Vieira da Silva, foi vice-presidente da Assembleia Geral da Raríssimas entre 2013 e 2015, avança esta segunda-feira o Público.

Fonte do gabinete do ministro frisa que o cargo foi ocupado antes de integrar o atual Governo e remete mais declarações para a conferência de imprensa agendada para as 15 horas.

De acordo com o jornal, a passagem pela Raríssimas é o único cargo social que integra a declaração de registo de interesses divulgada por Vieira da Silva.

A polémica em torno da associação Raríssimas surgiu depois de uma investigação da TVI ter denunciado que a presidente, Paula Brito e Costa, terá usado dinheiro da instituição para pagar despesas pessoais. O Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social já declarou que vai “avaliar a situação” da Raríssimas e “agir em conformidade”. Uma denúncia anónima também colocou, em finais de novembro, a Raríssimas sob investigação do Ministério Público.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ministro do Trabalho foi vice-presidente da Assembleia Geral da Raríssimas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião