Lince ibérico vale 1.500 euros no OLX. E uma investigação do Ministério Público

  • ECO
  • 14 Dezembro 2017

Um anunciante pôs à venda no site OLX o animal em vias de extinção, por 1.500 euros. O Ministério Público já está a investigar.

Um utilizador do OLX pôs à venda um lince ibérico no site de vendas online. O animal, alegadamente capturado em Alcoutim, está em vias de extinção, pelo que o Ministério Público já iniciou uma investigação para apurar a veracidade do anúncio.

Vendo Lince Ibérico capturado em Alcoutim através de uma ratoeira para raposas“, explica o vendedor no anúncio. “Estou a vender pois não quero ser apanhado com ele em casa e o animal já atacou o meu filho”, lê-se ainda na descrição, avançada pela SIC Notícias.

À SIC Notícias, a investigação foi confirmada pela GNR e o Instituto de Conservação da Natureza e Florestas. À Lusa, citada pelo Jornal de Notícias, o instituto acrescentou que “desapareceu um lince em agosto na zona de Alcoutim e em setembro foi encontrada uma coleira, que pode pertencer a esse animal e foi entregue ao ICNF para determinar a quem pertencia. Isto já permite também pensar que o animal possa mesmo ter sido capturado e posto à venda”.

A SIC Notícias assinala contudo que a fotografia utilizada no anúncio é de há vários anos e da autoria da Lusa, pelo que não retrata o animal alegadamente capturado.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Lince ibérico vale 1.500 euros no OLX. E uma investigação do Ministério Público

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião