Montepio reafirma situação sólida do banco

  • Margarida Peixoto
  • 21 Dezembro 2017

A Caixa Económica Montepio Geral fez questão de esclarecer os rácios de capital do banco e de reafirmar a sua "sólida posição".

O Montepio respondeu às notícias: perante a perspetiva da entrada da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa no capital do banco, a administração fez questão de reafirmar a solidez dos rácios de capital — no dia em que a Fitch subiu o rating. A posição é “sólida”, ao nível “das melhores posições de capital do mercado” comparáveis e o banco registou “três trimestres consecutivos de resultados positivos e crescentes”.

De acordo com a administração, os rácios de capital do Montepio, a 30 de setembro de 2017, são:

  • Rácio de Common Equity Tier 1 de 13%;
  • Rácio de Capital Total de 13,2%, ambos em phasing-in;
  • Em ambiente fully-loaded estes rácios ascenderão a: Common Equity Tier 1 de 11,4% e um rácio de Capital Total de 11,7%.

A administração lembra que “a sólida posição de capital da CEMG beneficiou do aumento de capital de 250 milhões de euros realizado em junho pelo Montepio Geral Associação Mutualista e da geração orgânica de capital”. Esta geração de capital decorreu dos “três trimestres consecutivos de resultados positivos e crescentes, e da diminuição dos Ativos Ponderados pelo Risco”.

O comunicado da administração chega num momento em que a perspetiva de investimento da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa no capital do banco tem levantado questões sobre a sua solidez. Desta forma, a administração afasta dúvidas sobre o capital do banco, deixando que os holofotes fiquem apenas apontados para a Associação Mutualista, dona do banco.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Montepio reafirma situação sólida do banco

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião