Tensão no Irão leva Brent a superar os 68 dólares

  • Rita Atalaia
  • 4 Janeiro 2018

O aumento das tensões no Irão, forte crescimento económico global e aos esforços da OPEP para diminuir a produção do "ouro negro" estão a animar os preços do petróleo, com o Brent em máximos.

O petróleo está a valorizar, com o barril de Brent a ultrapassar os 68 dólares pela primeira vez desde 2015. Uma valorização no arranque deste ano que se deve ao aumento das tensões no Irão, forte crescimento económico global e aos esforços da Organização dos Países Exportadores de Petróleo para diminuir a produção do “ouro negro”. E esta aposta deve dar frutos, com os analistas a preverem uma manutenção desta tendência de subida ao longo de 2018.

Neste contexto, o Brent valoriza 0,03% para 67,87 dólares, mas já chegou a tocar os 68,27 dólares durante a sessão desta quinta-feira. No caso do West Texas Intermediate (WTI), negociado em Nova Iorque, as cotações avançam 0,34% para 61,84 dólares.

Brent supera os 68 dólares

“O mercado está claramente a ficar mais otimista em relação ao petróleo”, afirma William O’Loughlin, analista de investimento da Australia’ Rivkin Securities, à CNBC. “A incerteza geopolítica no Irão, o terceiro maior produtor da OPEP, também está a ajudar a suportar os preços, uma vez que os cidadãos estão novamente a protestar contra o Governo”, acrescenta o analista. A Guarda Revolucionária iraniana mobilizou forças para três províncias para acalmar os protestos contra o Governo que decorrem há uma semana, afirmou o comandante à CNBC.

"O mercado está claramente a ficar mais otimista em relação ao petróleo.”

William O'Loughlin

Analista de investimento da Australia' Rivkin Securities,

Esta valorização pode continuar durante este ano, segundo a previsão de vários analistas. Grandes bancos de investimento como o Goldman Sachs e o JPMorgan Chase reviram, recentemente, as suas estimativas para os preços do petróleo no próximo ano. Ambos projetam que, tendo em conta o compromisso da OPEP para travar a oferta, a cotação média da matéria-prima deverá rondar os 60 dólares. O Brent apresenta, este ano, um valor médio de 54,70 dólares, já o WTI regista um preço médio de 50,81 dólares.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Tensão no Irão leva Brent a superar os 68 dólares

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião