Ex-secretário de Estado da Indústria eleito para Conselho Estratégico da CIP

João Vasconcelos abandonou o Governo na sequência do Galp Gate, em junho de 2017. Agora, passa a integrar o Conselho Estratégico para a Economia Digital da CIP.

João Vasconcelos, ex-secretário de Estado da Indústria e antigo diretor da incubadora Startup Lisboa vai integrar o Conselho Estratégico para a Economia Digital da CIP (Confederação Empresarial de Portugal), anunciou o próprio no Twitter.

“Com orgulho e sentido de responsabilidade fui eleito vice-presidente do Conselho Estratégico para a Economia Digital da CIP. Para além do reconhecimento dos empresários, valorizo a demonstração de que a CIP entende e quer preparar o futuro”, escreveu João Vasconcelos na publicação. O Conselho Estratégico para a Economia Digital foi criado em dezembro como órgão consultivo que será coordenado pelo ex-secretário de Estado da Juventude, Pedro Duarte, e composto por 35 representante do setor. “O Conselho Estratégico para a Economia Digital reúne os principais representantes do setor nacional que, em nome individual, contribuirão para a construção do pensamento estratégico da economia digital em Portugal”, explicava a CIP à Lusa aquando do lançamento.

João Vasconcelos abandonou o cargo de secretário de Estado da Indústria na sequência do Galp Gate, em junho de 2017.

O Conselho Estratégico para o setor da Economia Digital é constituído por empresários como Carlos Lacerda (ANA), Miguel Frasquilho (TAP), Bernardo Correia (Google), Alexandre Fonseca (PT/Altice), António Raposo de Lima (IBM), Sofia Tenreiro (Cisco), Luís Urmal Carrasqueira (SAP Portugal), Filipe Pais (Amazon Western Europe), José Correia (HP), Hugo Abreu (Oracle) e Paula Panarra (Microsoft).

Integram também o órgão Miguel Pina Martins (Science4you), Nuno Santos (Gfi Portugal), Celso Guedes de Carvalho (Portugal Ventures), Jorge Brás (Pathena), Paulo Rosado (Outsystems), Pedro Rocha Vieira (Beta-i), António Martins da Costa (EDP), António Casanova (Unilever Iberia), Francisco Almada Lobo (Critical Manufacturing), Cristina Fonseca (TalkDesk) e Cipriano Sousa (Farfetch). Fazem ainda parte Borges Gouveia (Universidade de Aveiro), Carlos Oliveira (Invest Braga), Luís Sousa (Associação Portuguesa de Software), Luís Viegas Cardoso (assessor presidente da Comissão Europeia), Adelino Costa Matos (Associação Nacional de Jovens Empresários), Pedro Vargas David (Alpac Capital), Arlindo Oliveira (Instituto Superior Técnico), Luís Antunes (Universidade do Porto), Graça Canto Moniz (Universidade Nova de Lisboa), Rogério Carapuça (Associação Portuguesa do Direito do Consumo), João Vasconcelos (ex-secretário de Estado da Indústria), Tiago Craveiro (Federação Portuguesa de Futebol) e Armindo Monteiro (Associação Nacional das Empresas das Tecnologias de Informação e Eletrónica).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ex-secretário de Estado da Indústria eleito para Conselho Estratégico da CIP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião