Anacom multa Vodafone por prestar “informações falsas”

  • Lusa
  • 18 Janeiro 2018

O regulador considera que a empresa de telecomunicações prestou "informações falsas, levando os clientes a subscreverem serviços aos quais não adeririam se não tivessem sido falsamente informados".

A Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) aplicou uma coima de 11 mil euros à operadora Vodafone por “práticas comerciais desleais e infrações à Lei das Comunicações Eletrónicas”, nomeadamente ter prestado “informações falsas”, foi anunciado esta quinta-feira.

Numa nota publicada no seu ‘site’, a Anacom informa que “o Tribunal da Concorrência, Regulação e Supervisão condenou a Vodafone Portugal – Comunicações Pessoais, através de sentença proferida em 22 de novembro de 2017 (transitada em julgado), ao pagamento de uma coima única de 11.000 euros”.

Segundo o regulador, estão em causa “ilícitos” como o facto de a Vodafone “ter prestado informações falsas, levando os clientes a subscreverem serviços aos quais não adeririam se não tivessem sido falsamente informados”.

Acresce que a operadora não procedeu “à confirmação da denúncia de um serviço e ao seu desligamento, tal como solicitado por um cliente, no prazo de cinco dias úteis a contar da receção desse pedido”, adianta a Anacom.

Comentários ({{ total }})

Anacom multa Vodafone por prestar “informações falsas”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião